Arquivo do mês: outubro 2014

Sorteio: Slam de Nick Hornby

Ao andar pelo estoque da Freebook uma coisa é garantida, você encontrará livros incríveis, não estou puxando o saco é realmente um fato! Mas o que eu acho mais legal é quando encontro uma surpresa, um livro que não deveria estar ali.

Foi isso que aconteceu com Slam de Nick Hornby. O livro vai completar 7 anos e temos uma edição assinada pelo autor que ganhamos de brinde promocional na Frankfurt Book Fair.

Nick Horby é o aclamado autor de High Fidelity (Alta Fidelidade), publicado em 1995. O romance, sobre um colecionador de disco neurótico e seus relacionamentos fracassados, foi transformado em filme em 2000, estrelando John Cusack. Seu terceiro romance, publicado em 1998, foi About a Boy (Um Grande Garoto no Brasil), a história de um homem depressivo que vive de uma grande herança e encontra conforto em um adolescente estrelado por Hugh Grant na versão cinematográfica.

Sinopse Slam:
Sam é um garoto de 15 anos, igual a tantos outros, filho de pais muito jovens e divorciados, e que dedica grande parte do seu tempo à prática do skate. Vive com a mãe e tem como confidente um poster de Tony Hawk, o maior skatista do mundo, ao qual vai contando os acontecimentos do seu dia-a-dia, pedindo-lhe conselhos.
O leitor verá como a sua vida rotineira é interrompida por uma história de amor com uma garota da sua idade que a mãe lhe apresentou. E aqui começam os verdadeiros problemas: uma distração de cinco segundos, e Alicia engravida. Nesta emergência, o conselho e o apoio de Tony Hawk revela-se verdadeiramente precioso, levando-o a viver o que vai ser o seu futuro, cheio de acontecimentos inesperados, dramáticos e divertidos, como o futuro de qualquer jovem da sua idade.
Pela voz de Sam, Nick Hornby conta-nos, com o seu estilo inconfundível e sua a capacidade de narrar todos os acontecimentos com o seu peculiar senso de humor, o que pode ser a vida de qualquer jovem do nosso tempo.

Promoção:
Aproveitando que estamos na Semana do Livro e no espírito Bookcrossing, vamos sortear esse livro, para participar basta comentar nesse post informando um email para contato, ou dar um share no post do Facebook ou um retweet que você já está concorrendo!

Por: Ivo

Anúncios

Dia Nacional do Livro e Semana do Livro

A Biblioteca Nacional foi trazida de Lisboa para o Brasil pela Corte portuguesa, a pedido de D. João, em 1808, e instalada em uma das salas do Hospital do Convento da Ordem Terceira do Carmo, contendo sessenta mil peças (livros, manuscritos, mapas, medalhas e estampas). A época, chamava-se Real Biblioteca. Em  29 de outubro de 1810, foi transferida para sua sede atual, no Rio de Janeiro, por isso a data escolhida para homenagear o livro no Brasil foi 29 de outubro.

Este dia foi instituído pela lei nº. 5.191, de 18/12/1966, assinada pelo presidente Costa e Silva. A Semana Nacional do Livro, comemorado de 23 a 29 de outubro, foi definida pelo decreto nº. 84.631, de 14/4/1980.

Uma breve história do livro:

Na Antiguidade, o livro era bem diferente do que conhecemos hoje, pois não existia papel para registrar a escrita. Utilizavam-se os mais diversos materiais, como: cascas de árvores, folhas de palmeiras, tabuinhas de barro ou cera, papiro, blocos de pedra ou pergaminho, obtido da pele de animais.

Os escribas egípcios registravam o cotidiano em um sofisticado material, em razão de terem descoberto que as folhas sobrepostas de uma planta que crescia às margens do rio Nilo davam um excelente papel, depois de serem separadas e coladas. Assim nasceu o papiro, que deu origem à palavra “papel” (do latim papyrus).

Quando Roma invadiu o Egito, apossou-se dos papiros escritos, que eram lavados e usados para novas escritas. Depois, os romanos inventaram um novo tipo de papel, utilizando cascas de árvores.

Na China, a escrita era feita sobre um papel rudimentar produzido com a polpa do bambu e da amoreira. Tanto os chineses como os japoneses escreviam também sobre o algodão e a seda.

Os árabes obtinham folhas de papel por meio de uma pasta de trapos. Os europeus, do século XII ao século XV, também se utilizavam de trapos moídos com goma de árvore para produzir um papel grosseiro. Os registros de grandes obras, contudo, eram feitos pelos copistas medievais sobre pergaminho.

Quando Gutenberg inventou a máquina impressora, em meados do século XV, surgiu o primeiro livro impresso: a Bíblia, considerada como o livro mais lido do mundo.

Hoje, em razão da alta tecnologia, os livros são produzidos em larga escala, nos mais diferentes tipos e padrões, abordando os mais diversificados assuntos.

Por: Ivo

Livro Livre e CPTM

Inspirado no Bookcrossing (ato de deixar o livro em locais públicos, como uma estação ou banco de trem, para que outro leitor o encontre e, após a leitura, faça-o circular novamente) a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM promove entre os dias 28 e 31 de outubro o 9º Livro Livre CPTM.

Nas estações: Luz, Jundiapeba, Brás, Braz Cubas, Rio Grande da Serra, Palmeiras-Barra Funda, Mogi das Cruzes, Osasco, Estudantes, Piqueri, Francisco Morato, Vila Olímpia e Ribeirão Pire ocorrerão uma série de atividades lúdicas e culturais, incluindo encontros com escritores e editores convidados pela CPTM, além da troca e circulação dos livros.

A ação é realizada pela CPTM desde 2006. No total, já foram distribuídos mais de 114 mil livros. Para quem quiser contribuir com a iniciativa, as doações podem ser feitas durante todo o ano nas estações da CPTM. As obras doadas são organizadas pela Biblioteca Mário Covas – CPTM. O projeto já distribuiu mais de 114.000 livros, incentivando o hábito da leitura e ajudando a formar novas gerações de leitores.

Veja no Facebook da CPTM como foi a 8ª edição, em 2013.

Programação Completa:
 
Data: 28/10, terça-feira
Estação da Luz – 11h às 15h

Bate-papo com Mauricio Paraguassu, Antonio Paraguassu Lopes, Andréia G.Garcia, Alonso Alvarez, Joaquim Maria Botelho, Gabrielle da Costa Silva e performances dos Poetas Ambulantes e da Troupe Parabolandos
Estação Jundiapeba – 7h30 às 9h e 16h às 17h30
Apresentações do Lions Clube Itapety, de Mogi das Cruzes

Data: 29/10, quarta-feira
Estação Brás [Espaço Cultural CPTM] – 10 às 15h

Apresentações do Centro Cultural de Adolescentes e Jovens – São João Batista e da Companhia Oriximina [dança]. Bate-papo com as autoras Rosana Banharoli, Clau Assi e Penélope Martins. Performances dos Poetas Ambulantes e da Troupe Parabolandos.
Estação Braz Cubas – 7h30 às 9h e 16h às 17h30
Apresentações do Lions Clube Itapety, de Mogi das Cruzes
Estação Rio Grande da Serra – 9h30 às 10h30 e 14h30 às 15h30
Diversas ações em parceria com a Prefeitura Municipal de Rio Grande da Serra

Data: 30/10, quinta-feira
Estação Palmeiras-Barra Funda – 10h às 15h

Sarau da Associação Cultural Literária do Brasil; bate-papo com os autores Marco Antonio Tremonti e Vania Clares e performance dos Poetas Ambulantes e da Troupe Parabolandos
Estação Mogi das Cruzes – 10h às 16h
Ações em parceria com o Lions Clube Itapety, de Mogi das Cruzes
Estação Rio Grande da Serra – 9h30 às 10h30 e 14h30 às 15h30
Ações em parceria com a Prefeitura de Rio Grande da Serra

Data: 31/10, sexta-feira
Estação Osasco- 10h às 15h

Contação de histórias e bate-papo com os escritores Giulia Moon, Sidney Leal e Angelo Romero [da Academia Brasileira de Poesia]. Performances dos Poetas Ambulantes e da Troupe Parabolandos.
Estação Estudantes – 11h às 13h
Ações em parceria com o Lions Clube Itapety, de Mogi das Cruzes
Estação Rio Grande da Serra – 9h30 às 10h30 e 14h30 às 15h30
Ações em parceria com a Prefeitura de Rio Grande da Serra

Distribuição de Livros:
28 a 31/10, das 10h às 15h

Bibliotecas fixas das estações Piqueri, Francisco Morato, Vila Olímpia e Ribeirão Pires

E sobre o movimento Livro Livre no Brasil:

Faça parte desse movimento, abandone um livro!

Por: Ivo

Uma Tarde Inusitada 3º Edição

UmaTardeInusitadaIII“Uma Tarde Inusitada”

A terceira edição do evento  terá uma atmosfera cercada de arte. A Freebook abriu sua “Pop-Up” dentro da E-Arte, novo hub de galerias em São Paulo. Desta vez o inusitado estará em passear pelas obras expostas da galerias Arte Hall, Thomas Cohn e Cabinete  de Arte K2O.

Nas edições anteriores o inusitado durante esta tarde foram: a primeira edição contou com a participação do artista Rogério Pedro onde interpretou através do grafite as marcas ali presentes e pessoas que circulavam no evento. Na segunda edição, a banda Martinez faz um pocket show especial para todos presentes! E o que teremos para a Terceira edição?

Sábado, 25 de Outubro
na Livraria Freebook / E-Arte
Rua Joaquim Antunes, 187 (manobrista no local)
Horário das 16h às 22h.

Freebook | Livros
Livraria especializada em livros importados desde 1976. Reconhecida como uma das livrarias mais cool do mundo, ocupa lugar de destaque em listas recentes, como: o top 10 do Huffington Post para as melhores livrarias de Arte e Design,  na publicação “Bookshops: Long Established and the Most Fashionable” e foi indicada como a melhor livraria para importados pela revista Época de 2013/2014.                                                                                                http://www.freebook.com.br
@Freebook_livraria

E-Arte | Hub de Galerias                                                                                   Temos a Arte Hall, com obras dos artistas Vanessa Beecroft, Miguel Rio Branco, Damien Hirst, Helena Almeida, Dora Longo Bahia, Yongmi Shin, Andre Faccini e Emanuel Nassal.
Thomas Cohn, lançando a nova exposição  das peças de Bettina Speckner.
http://www.e-artegaleria.com.br                                                                                     @artehall

Hendrick´s Gin | Drinks
HENDRICK’S é um delicioso gin super premium, feito com insumos incomuns para entregar a mais curiosa experiência. Ao contrário de outros gins comuns, HENDRICK’S é produzido artesanalmente em pequenos lotes utilizando a destilação dupla para banhar e cozinhar as onze ervas botânicas que o compõem. Apenas HENDRICK’S é elaborado com infusões de pepino e pétalas de rosa, produzindo um gin refrescante e com leve aroma floral. HENDRICK’S é o único gin oriundo da combinação dos destiladores de cobre Carter-Head e Bennett, criando uma bebida divinamente suave, com caráter e equilíbrio de sabores sutis.                                                                                                             http://www.hendricksgin.com                                                                                         @hendricksgin

La Vera Porchetta | Sanduíche
O Chef Guilhermo Pinto criou a La Vera Porchetta incentivado pelo seu pai, Edson Pinto, empresário e proprietário do Vianna Bar. Seu TCC foi sobre o sanduíche de carne de porco italiano. Com a ajuda de vídeos do YouTube e livros, como o do famoso Chef inglês, Jamie Oliver, Guilhermo tirou 10!  Porchetta é o nome de um corte, muito comum na Itália, que inclui o lombo, a costela e a barriga do porco. Servido no pão ciabatta, o sanduíche é feito com pedaços dessa carne macia e magra, pedacinhos de torresmo crocante e molho de salsa, com um toque de limão siciliano e especiarias. http://www.laveraporchetta.com.br                                                                        @laveraporcetta

As Bamboleiras | Bolos
As sócias confeiteiras Ariane Guimarães e Claudia Daroncho se uniram para trazer de volta a alegria da infância em forma de bolo. A coletânea das receitas vem de antigos caderninhos, com páginas amareladas, de suas mães e avós, e foram adaptadas a novos ingredientes e técnicas.  As bamboleiras combinam suas criações com uma minuciosa seleção de ingredientes frescos e de equalidade. Os produtos conservam uma “caseirice”, tanto no modo de preparo, como na apresentação – os doces são fabricados diariamente, a produção é estritamente manual, sem corantes ou conservantes.      http://www.bamboleiras.com.br                                                                                    @bamboleiras

Espero vocês 🙂

RSVP – Aqui.

Por: Maíra

Freebook na E-Arte

Freebook na E-Arte

Hendricks & Books

Hendricks & Books

Bettina Speckner

Bettina Speckner

La Vera Porchetta

La Vera Porchetta

As Bamboleiras

As Bamboleiras