Arquivo do mês: outubro 2013

The Little Black Jacket – São Paulo

THE LITTLE BLACK JACKE

É começa amanhã oficialmente a Exposição THE LITTLE BLACK JACKET em São Paulo será a primeira cidade da América Latina a receber essa exposição, que já passou por Tóquio, Nova Iorque, Londres, Paris, Milão, Beijing e Shanghai e depois parte para seu último destino em Singapura.
Lagerfeld redesenhou a jaqueta preta , transformando-o em uma peça moderna e adaptavel para ser usada por ambos os sexos em todas as idades. A exposição traz fotografias feitas por Karl Lagerfeld de celebridades usando a jaqueta com um toque pessoal – as vezes, clássica, outras irreverente, mas sempre Chanel – cada protagonista foi produzida pela Carina Roitfeld. Uma sério de atores, músicos, modelos, designers, escritores e diretores recebem o tratamento da jaqueta preta, como: Claudia Schiffer, Uma Thurman, Kanye West, Tilda Swinton, Baptiste Giabiconi, Yoko Ono e Jarah Jessica Parker.

Veja aqui o making off da exposição da CHANEL aqui.
Junto com esse projeto foi feito o livro The Little Black Jacket Chanel´s Classic Revisited autor Karl Lagerfeld / Carine Roitfeld, da editora Steidl. Esse editora  é a mesma que tem o selo  7L  que é a editora do Karl Lagerfeld.  A primeira edição deste livro ganhou o prêmio em 2012, do livro mais bonito da Alemanha ( Stiftung Buchkunst: Die schönsten deutschen Nücher / Best Designed Books from Germany). Ou será que foi feito o livro e criam a exposição?

Compre o livro aqui.

Informações sobre a exposição na Oca:

Data: aberta ao público de quinta-feira, 31 de Outubro, a domingo, 1º de Dezembro
Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral – Portão 3
Contato: 11 3105-6118 e 11 5082-1777
Entrada será gratuita

Por: Maíra

Anúncios

Codex Seraphinianus

Continuando a série de posts sobre livros diferentes e fora do comum, o livro da vez é Codex Seraphinianus escrito e ilustrado pelo italiano Luigi Serafini entre 1976 e 1978.

Codex Seraphinianus de Luigi Serafini

Codex Seraphinianus de Luigi Serafini

Antes de tentar falar sobre o livro vou contar a história de como eu cheguei até ele. Entre 1983 e 1989 a Freebook ficava na Rua Augusta por volta do número 400, muitas vezes os meus pais tinham que me levar junto para o trabalho e eu ficava perambulando pela loja, folheava os livros, deslizava de cadeira pelos corredores, enfim, procurava alguma coisa para fazer e passar o tempo.

Um certo dia, eu devia ter uns cinco anos, eu notei um pôster grande na parede com uma ilustração que me marcou para sempre, era um desenho de um homem e uma mulher deitados na cama que se  transformavam num crocodilo.

Reprodução do livro

Reprodução do livro

Os anos passaram, o pôster sumiu, mas a lembrança da imagem nunca deixou a minha memória, era uma recordação do tempo que passou, da época que eu, criança, brincava na Freebook da Augusta. Até que um belo dia, completamente aleatoriamente, eu me deparo com a mesma imagem na internet… não tive escolha a não ser pesquisar e descobrir o que era isso e foi assim que eu cheguei ao Codex Seraphinianus, mas o que é isso?

Pode-se dizer que o Codex é uma enciclopédia visual de um mundo desconhecido escrito em sua própria língua, utilizando um alfabeto indecifrável. Ele é divido em 11 capítulos e separado em dois volumes. A primeira seção descreve o mundo natural, flora, fauna e física, o segundo é sobre os aspectos da “vida humana”, história, arquitetura , etc…

Codex_05

O pôster fazia parte do material de divulgação da primeira edição do Codex de 1983 publicado pela editora italiana Franco Maria Ricci. Esta edição foi impressa num papel de alta qualidade, as cores das ilustrações são mais vivas dos que nas outras edições, atualmente o Codex está esgotado, porém está previsto uma nova edição a ser publicada em 29/10/2013 pela Rizolli, caso alguém tenha interesse em conhecer este trabalho incrível já envie um email para reservamos uma cópia. O livro será publicado numa edição de luxo e numa edição padrão. 

Atualização: A nova edição já está disponível!

codex_03 codex04

Para mim grade parte do motivo deste livro ser tão interessante e legal é o ar de mistério sobre ele, ser escrito em uma língua própria, desenhos surrealistas mostrando um novo mundo. Quase como um descobrimento, você precisa ir atrás, buscar, porque esse livro não vai estar na prateleira de lançamentos da sua livraria preferida, ele é um tesouro escondido que precisa ser descoberto.

A minha intenção era somente atiçar o interesse por esta obra, caso alguém queira descobrir mais, recomendo esses dois links abaixo:

http://faculty.msvu.ca/pschwenger/codex.htm
http://www.believermag.com/issues/200705/?read=article_taylor

Por: Ivo

Atlas de Cores

Continuando com a série de livros inusitados, hoje vamos conhecer um atlas, um atlas de cores.

RGB Colorspace Atlas

RGB Colorspace Atlas

A artista californiana Tauba Auerbach criou o RGB Colorspace Atlas em 2011, um cubo perfeito medindo 20,3 x 20,3 x 20,3 cm contendo cada variação possível de cor RGB. A encadernação do livro foi realizada em conjunto com Daniel E. Kelm. O livro é basicamente uma versão em três dimensões do seletor de cores do Photoshop.

color-4

Para contextualizar (segundo a Wikipédia ), RGB é um sistema de cores aditivas formado por vermelho (Red), verde (Green) e Azul (Blue). O sistema RGB é utilizado na reprodução de cores em dispositivos eletrônicos e ele é baseado na teórica de visão tricromática, de YoungHelmholtz, e no triângulo de cores de Maxwell.

Por: Ivo

O Menor Livro do Mundo

Os livros existem em diversas formas, formatos e com os mais variados temas e assuntos, como o universo do livro é enorme resolvi fazer alguns posts sobre livros fora do comum, livros que chamam a atenção pelo seu formato, pelo seu conteúdo, ou qualquer outra coisa que o torne um livro interessante, até mesmo um livro bizarro.

O menor livro impresso

O menor livro impresso do mundo ao lado de uma agulha

Começamos com o menor livro do mundo! Apenas alguns meses atrás a editora japonesa Toppan Printing anunciou a publicação de um livro de apenas 0,75 mm. O livro Shiki no Kusabana (Flores das Quatro Estações) possui 22 páginas traz ilustração da flora do Japão e os nomes de cada espécies . Só é possível ler o livro utilizando uma lente de aumento (comercializada junto com o livro). As letras possuem apenas 0,01 mm de largura.
A editora informou que iria contatar o Guiness World Records para receber o título oficial de menor livro do mundo. Atualmente o recorde é do livro Chameleon criado por Anatoliy Konenko, um artesão siberiano, em 1996 medindo 0,9 mm e com 30 páginas.

Há ainda outro recorde oficializado pelo Guiness World Records, a menor reprodução de um livro impresso. Este vai para o livro canadense Teeny Ted from Turnip Town do autor Malcom Douglas Chaplin. O livro foi produzido utilizando um feixe de íon na Simon Fraises University medindo 0,07 mm X 0,01mm. Só é possível lê-lo utilizando um microscópio eletrônico.

Reprodução do livro Teeny Ted from Turnip Town por um microscópio eletrônico

Reprodução do livro Teeny Ted from Turnip Town por um microscópio eletrônico

Por: Ivo

Lürzer´s Archive e Freebook desde 1992

Lurzers Archive

Lançamento MIS

Em 1992, a Livraria Freebook lançou a Revista Lüzer´s Archive em São Paulo, colocando a publicidade brasileira em contato com a principal publicação de criação do mundo.

A Revista

A revista Lüzer’s Archive é uma publicação bimestral. São seis edições por ano e em cada uma é apresentado 70 anúncios impressos, 50 comerciais e 15 desenhos digitais. De tempos em tempos, é editado uma edição especial sobre fotografia, ilustração, embalagem ou produto / design música.

Como assinar:

São duas opções de assinatura, uma com as seis edições impressas da Revista ou outra que além das seis edições impressas dá acesso ao conteúdo digital do site da Lürzer’s Archive.  Entre em contato por  e-mail ou ligue para 11 3256-0577.

Como inscrever sua campanha, comercial ou estudante:

Basta acessar o site da Archive, por aqui. Lá vai estar dividido pelo tipo de inscrição, detalhando o tamanho do arquivo e um FAQ.

Veja as edições em estoque clicando aqui e aproveite a promoção de edições antigas a partir R$ 15,00.

Por: Maíra

Luzers Archive

Luzers Archive