Arquivo do mês: janeiro 2015

Oferta da Semana – Livros de Tattoo

Oferta da Semana 2“A tatuagem (também referida como tattoo na sua forma em inglês) ou dermopigmentação (“dermo” = pele / “pigmentação” ato de pigmentar, ou colorir) é uma das formas de modificação do corpo mais conhecidas e cultuadas do mundo. Trata-se de um desenho permanente feito na pele humana que, tecnicamente, é uma aplicação subcutânea obtida através da introdução de pigmentos por agulhas, um procedimento que durante muitos séculos foi completamente irreversível (embora dependendo do caso, mesmo as técnicas de remoção atuais possam deixar cicatrizes e variações de cor sobre a pele). A motivação para os cultuadores dessa arte é ser uma obra de arte viva, e temporal tanto quanto a vida.”

Fonte: Wikipédia

Nessa seleção dedica a Tatuagem, tem livro da famosa casa de Tattoo em Londres The Family Business com lindas imagens dos trabalhos feitos por lá – veja o livro aqui.   Livro que vem com CD de clipart, com desenhos prontos – veja aqui. Livro de papeis de presente, com lindos imagens de tatuagem – veja aqui. Até coffe-table book em tamanho família – veja o livro aqui.  Relato fotográfico de um guarda que trabalhou em uma prisão na Rússia e fotografou as tatuagens – veja o livro aqui. E sem ficar de fora, os livros da revista Juxtapoz Tattoo veja aqui.

Para ver a seleção completa com 40% de desconto clique aqui.

 

Por: Maíra

Anúncios

MIRA galeria lança – Coleção Cangaceiros na E-Arte

A coleção Cangaceiros traz o único registro sistematizado de imagens do cangaço brasileiro.

Os cangaceiros dominaram o nordeste brasileiro na passagem do século 19 para o século 20. Porém, apesar de muito falados e temidos, com muitos registros na imprensa sobre seus feitos (e malfeitos), poucas imagens foram produzidas sobre eles.

“Havia fotos esporádicas. Lampião era cioso de sua imagem. Benjamin Abrahão, que foi secretário de Padre Cícero, foi o único fotógrafo que ganhou sua confiança para entrar no grupo para filmar e fazer fotos” diz Ricardo Albuquerque, cujo avô, Adhemar Bezerra Albuquerque, pioneiro do cinema e fotografia do Ceará, nos anos 20, financiou o trabalho de Benjamin Abrahão.

As imagens de Lampião e seu grupo, feitas entre 1936 e 1937, registram os dois últimos anos do bando. Cenas do dia-dia revelam costumes dos cangaceiros e suas mulheres, de alimentação e vestuário a danças e esconderijos, até a clássica imagem das cabeças cortadas dos sete líderes do bando, após a dissolução pelas forças policiais.

 

Coleção Cangaceiros

Caixa forrada em tecido, com 100 fotografias de Benjamim Abrahão , Lauro Cabral de Oliveira , Eronildes de Carvalho entre outros.

Tamanho das fotografias: 18 X 25 cm

Pen-drive com o filme “Lampião” (14 minutos), de Benjamin Abrahão

Organização: Ricardo Albuquerque

Texto de apresentação: Rubens Fernandes Jr.

Tiragem: 40 caixas

 

Lançamento

22 de janeiro, 19 hs ( coquetel de lançamento )

Mira Galeria de Arte

Rua Joaquim Antunes, 187, Jardins, São Paulo

Na ocasião, será exibido o filme “Lampião”, que integra a coleção

Cangaceiros1 Cangaceiros2 Cangaceiros3

 

Por: Maíra – Texto MIRA Galeria

Oferta da Semana – City Guide Louis Vuiton

City Guide Louis Vuitton

“Esqueça a grife, a última edição do Guia da cidade da Louis Vuitton são luxuosos no design, mas eles não são feitos apenas para aqueles que podem pagar para freqüentar uma de suas lojas. Pelo contrário, guias da cidade de Luis Vuitton te levam por um passeio em torno das cidades mais interessantes do mundo, dizendo-lhe tudo o que você sempre quis saber sobre elas – com um forte foco em cidades europeias.

Os guias oferecem um bom equilíbrio entre a informação útil e trivial. Saiba onde encontrar uma Manhattan perfeito em Mahattan, por que Nova York é tudo sobre maçãs, quais os papeisl Roma e suas localizações emblemáticas participaram no mundo do cinema, por que Hong Kong é tudo sobre Dim Sum, como vestir-se como um perfeito cavalheiro britânico da cabeça aos pés, e aonde em Paris você pode obter um perfume personalizado feito somente para você que irá durar uma vida.”

Por R$ 53,65 compre aqui.

Ou visite Nossa loja:

Livraria Freebook

Rua Engenheiro Mesquita Sampaio, 140 – Tel. 11 3256-0577 /11 5189-0577 Horário de Funcionamento: De Segunda à Sexta das 9h as 18h Sábados das 10h ás 14

Por: Maíra

Livrarias a Céu Aberto

Semana passada mostrei algumas bibliotecas a céu aberto, hoje vamos conhecer algumas livrarias que ficam a céu aberto.

Primeira parada, Boston – Brattle Book Shop.

01 02

Passamos para a California, cidade de Ojai para conhecer a Bart’s Books.

03 04

Seguimos para Havana, Cuba.

05

Cruzamos o globo até Tóquio.

06

Em Lieden na Holanda, encontramos essas prateleiras incríveis.

07 08

Nas margens do Sena em Paris há inúmeras Les Bouquinistes.

09 10

Por: Ivo

Je Suis Charlie

07-01-15

Somos todos Charlie Hebdo: editores árabes e internacionais unidos em defesa da liberdade de expressão*

Genebra, 7 de janeiro 2015

O ataque assassino à revista satírica francesa é, na verdade, um ataque aos valores comuns aos editores.

A comunidade editorial global está chocada com o acontecimento brutal de hoje, contra a revista francesa Charlie Hebdo, no qual o editor-chefe Stéphane Charbonnier e os cartunistas Jean Cabut, Bernard Verlhac e George Wolinski estavam dentre as doze pessoas mortas.

Assem Shalaby, presidente da Associação de Editores Árabes, condenou: “este ataque perverso é contrário aos princípios do Islã e à mensagem de seu profeta.”

“Este é um horrível crime cometido contra a humanidade, a liberdade de expressão, o Islã e os muçulmanos”, disse Ibrahim El Moallem, presidente da Dar El Shorouk, a maior editora de livros árabe. “É um ataque contra a civilização”.

Presidente da IPA – International Publishers Association e da Bloomsbury, Richard Charkin, disse que “o ataque à Charlie Hebdo é um ataque aos valores fundamentais dos editores: a liberdade de expressão, a liberdade de publicar e o direito de criticar e polemizar. A IPA apela a todos os editores, autores, jornalistas e cartunistas que estejam juntos a defender esses valores. Somos todos Charlie Hebdo”.

Vincent Montagne, presidente da Associação dos Editores Franceses SNE, disse que “estamos profundamente chocados com o ataque assassino de hoje contra os autores, jornalistas e cartunistas. Barbárie e fanatismo não terão a palavra final”.

Ola Wallin, presidente do Comitê da Liberdade para Publicar do IPA, disse que “o assassinato de hoje em Paris é um crime contra toda a indústria editorial. Os trabalhadores da Charlie Hebdo sacrificaram suas vidas pela liberdade de expressão”.

O secretário-geral da IPA, Jens Bammel, disse que “não devemos permitir que as minorias radicais manchem a mensagem de todas as grandes religiões: de paz, compaixão, amor e respeito. Os sentimentos do mundo editorial estão com as vítimas de hoje e suas famílias.”

Nota aos Editores: A IPA – International Publishers Association é a federação internacional de associações de editores nacionais, representando todos os aspectos de publicação de livros e revistas de todo o mundo. A IPA é uma associação da indústria, com uma premissa de direitos humanos. Ela luta contra a censura e promove direitos autorais, alfabetização e liberdade de publicar, em todo o mundo.

http://www.internationalpublishers.org

*texto em tradução livre

Dia do Leitor – 7 de Janeiro

Consta que no Brasil, se comemora o Dia do Leitor, a partir do aniversário do jornal cearense “O Povo”, que foi fundado em 7 de janeiro de 1928, pelo Demócrito Rocha, que foi jornalista e poeta.

Fonte: UFOP – Universidade Federal de Ouro Preto

E pra comemorar o dia do Leitor, itens selecionados com 30% OFF no site e na livraria!!!

Venha nos visitar:
Livraria Freebook
Rua Engenheiro Mesquita Sampaio, 140
Horário de Funcionamento
Seg. à Sexta das 9h às 18h
Sábado das 10h às a14h

ou

Veja aqui >>>

 

Somente HOJE!

Dia do Leitor

Por:Maíra

Bibliotecas a Céu Aberto

Hoje vamos conhecer algumas bibliotecas a céu aberto, muitas são temporárias, ficam abertas somente algumas semanas por ano, mas todas tem a incrível vantagem de permitir que o leitor escolha o seu livro e sente-se para ler aproveitando a luz do dia.

Começamos com uma ação de comemoração dos 30 anos da IKEA na praia Bondi Beach em Sydney. A biblioteca ficou aberta por apenas um dia e os visitantes podiam trocar livros ou pegar um novo por uma pequena doação.

Celebrating the 30th birthday of the IKEA BILLY bookcase on Bondi Beach, Sydney, Australia 02

Abaixo temos a Bookyard, criada por Massimo Bartolini para um festival de arte na Bélgica, todos os livros estavam disponíveis para os visitantes levarem embora por uma pequena doação.

03 04

Todo ano no verão russo na cidade de Yekaterinburg os moradores podem aproveitar de graça essa biblioteca e ler os livros nesses confortáveis puffs.

05 06

Em Tel Aviv, mais especificamente no parque Levinski, encontramos a Levinski Garden Library com 3.500 livros em 14 idiomas.

07 08

Essa não é uma biblioteca, é uma livraria na cidade de Hay-on-Wye no País de Gales chamada The Honesty Bookshop, fácil de entender o motivo.

09 10

No Brasil também temos! Alguns meses atrás foi inaugurada em Patos de Minas, no Alto Paranaíba uma biblioteca a céu aberto na Praça Desembargador Frederico. Idealizada por Erika Urban, ela conta “acreditamos na cultura e no incentivo a leitura ainda mais que hoje as pessoas estão tão interagidas nas mídias sociais que acabam deixando o livro de lado. Então, a gente conta com o apoio da população para fazer essas doações dos livros e para manter a estrutura preservada porque esperamos que o projeto  tenha vida longa aqui em Patos de Minas e temos a intenção de fazer em outros pontos, caso dê certo”.

11

Abaixo um link para a matéria da inauguração na TV Paranaíba:

http://tvparanaiba.com.br/videos/iframe/arquivo/patos-ponto-do-livro-incentiva-a-leitura_01-10-2014_6709.htm

Por: Ivo

Fonte: http://flavorwire.com/